O devocional é um tempo precioso em que podemos nos devotar aos textos bíblicos, fazendo reflexões para aplicá-las no dia a dia. Quando paramos para anotar e meditar no texto escolhido, vemos a beleza da palavra de Deus e nos aprofundamos nos seus conhecimentos.

Aplica o coração ao ensino e os ouvidos às palavras do conhecimento”. (Provérbios 23:12)

Um exemplo aos irmãos, mais especificamente às mulheres, seria o texto de Provérbios 31:13-28, que traz lições preciosas sobre uma vida com DILIGÊNCIA.

13. Busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com suas mãos.
14. Como o navio mercante, ela traz de longe o seu pão.
15. Levanta-se, mesmo à noite, para dar de comer aos da casa, e distribuir a tarefa das servas.
16. Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos.
17. Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços.
18. Vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite.
19. Estende as suas mãos ao fuso, e suas mãos pegam na roca.
20. Abre a sua mão ao pobre, e estende as suas mãos ao necessitado.
21. Não teme a neve na sua casa, porque toda a sua família está vestida de escarlata.
22. Faz para si cobertas de tapeçaria; seu vestido é de seda e de púrpura.
23. Seu marido é conhecido nas portas, e assenta-se entre os anciãos da terra.
24. Faz panos de linho fino e vende-os, e entrega cintos aos mercadores.
25. A força e a honra são seu vestido, e se alegrará com o dia futuro.
26. Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua.
27. Está atenta ao andamento da casa, e não come o pão da preguiça.
28. Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva.

Após a leitura do texto completo, você pode grifar os trechos que mais chamaram a sua atenção, meditar e, então, escrever uma oração ou um texto com o que aprendeu durante a leitura. Através dessas reflexões, outros versículos e comentários de bons autores relacionados ao assunto poderão acrescentar mais conteúdo ao seu devocional.

Vejamos na prática.

Diligência

Diligência significa trabalhar duro, ter cautela, empenhar-se naquilo que faz. Significa esforço constante e cuidadoso, não apenas se empolgando no começo, mas perseverando nos anos adiante. Não de forma desleixada ou descuidada. Diligência implica trabalho constante e fiel”. (Nancy Wilson – Livro “Virtuosa”)

Constância e amor em seus afazeres

13. Busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com suas mãos.
15. Levanta-se, mesmo à noite, para dar de comer aos da casa, e distribuir a tarefa das servas.

Com empenho e amor, a mulher citada no texto busca fazer seu trabalho de forma excelente e constante. Ainda que ela tenha auxiliadoras na casa, seu trabalho em delegar as tarefas, cuidar da família e manter tudo de forma exemplar não se torna “menos cansativo” por isso. Pelo contrário, as demandas e exigências a ela se tornam maiores, pois todas essas coisas estão debaixo da sua supervisão e responsabilidade.

Quando refletimos sobre essas atitudes de empenho, entrega e excelência, temos em mente um reflexo de Cristo, pois Ele fez bem todas as coisas.
“Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados”. (Isaías 53:5)

Tamanha perfeição é o nosso Deus que, enquanto esteve na Terra, nunca ficou ocioso, pelo contrário, cumpriu com diligência o seu chamado.

“Devemos pedir que Deus nos dê diligência, cuidado e vigilância sobre todos nossos caminhos”. (John Owen)

Não perde tempo com coisas frívolas

27. Está atenta ao andamento da casa, e não come o pão da preguiça.

A mulher diligente executa com empenho e alegria o seu trabalho. Não perde tempo com coisas que não são produtivas e que a deixam com a mente ociosa.

O preguiçoso deixa de assar a sua caça, mas ser diligente é o precioso bem do homem”. (Provérbios 12:27)

Em contrapartida, existem mulheres negligentes, preguiçosas corporal e intelectualmente, tornando-se vulneráveis e alvos de falsos mestres.

“Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade”. (2 Timóteo 3:6-7)

Ama cuidar da família e do lar

28. Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva.

Delegar funções a outras pessoas não é uma tarefa fácil, mais difícil ainda é cuidar e servir filhos e marido. Tais afazeres requerem diligência e trabalho duro todos os dias. Mas, antes disso, requerem também paciência, amor e renúncias.

“Apenas uma dona de casa” é uma frase que nossa cultura usa para minar a importância de uma esfera privada. Embora o mercado de trabalho não valorize o lar para além dos bens que podem ser adquiridos para ele, o ministério a ser encontrado no lar é de imenso valor para o Senhor. (Carolyn McCulley | Feminilidade Radical – Fé feminina em um mundo feminista)

Existem dias difíceis e exaustivos, mas isso tudo nos faz lembrar do quanto somos dependentes da Graça de Deus.